7 de fevereiro de 2018

Kristaps Porzingis se lesiona e pode ficar 1 ano fora das quadras

O ala-pivô do New York Knicks, Kristaps Porzingis, se lesionou na partida dessa terça-feira (7) na derrota por 103 a 89 para o Milwaukee Bucks no Madison Square Garden, casa do time de Nova Iorque. O letão foi diagnosticado com uma ruptura no ligamento cruzado anterior no joelho esquerdo. O repórter Sam Charania (Yahoo Sports) disse que Porzingis e a equipe esperam que a cirurgia resulte em ficar afastado das quadras em um prazo que pode chegar até 1 ano fora das quadras.


A lesão ocorreu enquanto restavam cerca de 9 minutos para encerrar o segundo quarto da partida. Com o placar marcando o Knicks atrás por 1 ponto, Porzingis enterrou em cima de Giannis Antetokounmpo, dando a liderança para a equipe de Nova Iorque. Ao cair no chão, o letão começou a sentir dores intensas, e a partida foi parada para o atendimento ao ala-pivô de 2,21m de altura, sendo carregado pela equipe médica do Knicks após anotar 10 pontos, 2 rebotes e 3 tocos durante 11 minutos em quadra.


A falta de Porzingis vai surtir efeito para a equipe nova-iorquina da NBA por perder a maior referência em quadra. Das 55 partidas disputadas pelo Knicks até o momento, Porzingis ficou fora de apenas 7 partidas. Com as 48 participações do Unicorn (22 vitórias e 25 derrotas), o Knicks teve médias de 104.7 pontos sofridos e de 104.4 pontos feitos. Nas 7 partidas que ele ficou fora (1 vitória e 6 derrotas), a média de pontos feitos cai para 101.7 pontos e a de pontos sofridos sobe para 111.0 pontos.
Após saber o diagnóstico, LeBron James (ala do Cleveland Cavaliers) desejou melhoras para o atleta do Knicks em sua conta do twitter. "Estava esperando por melhores notícias quando vi a jogada após o jogo. Meus desejos e uma recuperação rápida e saudável para Kristaps Porzingis". Vale lembrar que Kristaps Porzingis tinha sido escolhido para ser reserva do All-Star Game de 2018 e que estaria atuando pelo time de King James, além de disputar o torneio de habilidades no All-Star Weekend, prêmio que ele venceu no evento do ano passado.


Caso seja certeza de que o ala-pivô da Letônia perca o resto da temporada, Porzingis termina sua 3ª temporada da NBA com médias de 22.7 pontos (melhor marca da carreira), 6.6 rebotes, 1.2 assistências e 2.4 tocos (melhor marca da carreira e da temporada) durante 32.4 minutos disputados em 48 partidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário